sábado, 12 de maio de 2007

Revelações, já evidentes...


''Eu acredito que, a priori, temos que nos revestir da nossa própria pelugem e acima de tudo, termos a consciência do reparo reflectido no espelho.''

Primeiramente, tenho que congratular-me pelo blog de um grande amigo que fez-me criar este em retrocesso contrário ao dele. O facto, meu caro e estimado amigo, de redigir essa mensagem é principalmente para criar uma solução, muito embora não seja a certa, pois ninguém é dono da verdade, mas de uma solução que eu falo branda e que seja vista a olho nu. Ninguém é detentor da verdade e me envaideço de dizer-lhe isso. Suponho que há um cataclisma em sua mente, do qual impede que raciocíne de modo coerente e razante, rameiro.

O Papa, Sumo Pontífice, não é o aniquilador de pecados, nem muito menos Cristo, Nosso Senhor. Há pessoas que transmitem paz, amor, felicidade dentre outros jubilosos sentimentos. O Papa está como um propagador da palavra de Deus.

Quantos e quantos, milhares e milhões de pessoas vão a rua, dormem em campos de shows, e fazem mesmo sacrificios para ver uma banda preferida. E porque, agora, é o Papa por quem muita gente faz pequenos sacrificios e usam de sua garganta para gritar de emoção, é que vem gente condenando essa atitude, achando que isso seria coisa de outro mundo ou até do submundo?

Suponho que estamos no mundo aptos a reconhecer o que nos é condicionados dia-a-dia. Então, como posso eu, jogar uma pedra no telhado do vizinho, se tenho telhado de vidro também?

Ou seria uma questão a parte?
Ou aplaudiria para o presidente Lula, que aparenta, para você, ser uma pessoa inestimável e que lhe proporcionará algumas regalias, enquanto à questões religiosas, não é devida nem passivel de compaixão nem de relevância?!

Ou será que o problema está em mim, que escrevo e nada se entende, ou será que você, talvez, não seja Cristão o bastante para respeitar religiões alheias?

Livre arbítrio - - - - - Todos temos, segundo a Bíblia e a Constituição da República o direito de liberdade ao culto..

Se tens esses argumentos contra o Papa, talvez ele lhe incomode de alguma forma, e esta, quereria eu saber.

Ou penso eu que isso não lhe dizes respeito, até porque é questão de ser católico e aceitar a doutrina ou não ser...

Então, sob coerência e dignidade, aplauda, saúda, felicite, o presidente Lula, como o disse!
Talvez ele seja mais santo que o Papa.

''O Papa veio em missão de Paz, se há perturbação em ti...
Suponho que estejamos falando de outras coisas... outras potestas''
Não há, como quando você colocou no comentário, a relação de coisas mundanas com etéreas, não confundo as coisas, apenas coloca-as de forma nitida para perceberes o factor crucial da minha idéia.

2 comentários:

marcelo disse...

ótima comparação você encontrou,
comparar as coisas da terra com as dos céus;

Eu não julguei o cara, eu apenas levantei uma pergunta de: por que tanta euforia pra uma pessoa que prega o contrário do que está escrito?

E acho que você entendeu errado o fato de eu citar lula presidente, não tenho as melhores opiniões sobre ele. Apenas fiz uma comparação, acredito que mais feliz do que a sua.

Se você estiver disposto a me provar o contrário de tudo que acredito, eu me torno católico amanhã; pq posso estar perdendo tempo procurando outra religião.

obrigado por tentar me responder, eu me sentí honrado. *sério*

Jose Hyrlleson disse...

Bem...
Primeiro, gostaria de parabenizá-lo pelo ótimo blog que você tem!!
Você sabe com defender uma causa, garoto!
Senti-me um lixo ao ver que minha escrita não chega nem aos pés da sua!

Quem sou eu

Minha foto
Nasci em Recife, mas logo fui morar na cidade da Vitória de Santo Antão. Hoje, aqui, sinto que é uma particularidade íntima. Esse meu viver, minhas afinidades com essa cidade, transporta-me a outros mundos.''Sou a fusão do adulto maduro e o menino tenro''. ''Cogito ergo sum'' Escrevo desde os 16 anos e descobri na escrita um pedaço de mim, uma ânsia ardente e gostosa. Não reviso meus textos. Escrevo contos, romances, novelas etc.